Buscar
  • Rodrigo Moreira

Vamos falar de Incontinência Urinária?

Por Juliana Galvão | Instrutora KSP

Hoje quero tratar de um assunto muito importante mas que muitas pessoas desconhecem, a incontinência urinária.

Existem muitas causas para a incontinência urinária, desde gravidez até bexigas hiperativas; o problema é mais prevalente em mulheres.

Incontinência urinária é a perda involuntária da urina pela uretra. Distúrbio mais frequente no sexo feminino, pode manifestar-se tanto à partir dos 50 ou 60 anos de idade quanto em mulheres mais jovens.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia, afeta cerca de 5% dos homens que realizam a cirurgia de retirada de próstata (prostatectomia). Além disso, com o passar da idade, ocorre diminuição da força da contração muscular pélvica, o que torna muitos idosos incontinentes.

Qualquer pessoa pode ter incontinência urinária, mas ela não é igual em todos. Existem três formas principais de incontinência urinária:

  • Incontinência urinária de esforço: esse tipo de perda urinária ocorre quando a pessoa não tem força muscular pélvica para reter a urina. Sendo assim, as perdas urinárias serão desencadeadas por atividades como espirrar, tossir, rir, levantar pesos ou fazer algo que põe a bexiga sob pressão ou estresse.

  • Incontinência urinária de urgência: é um desejo tão forte e repentino de urinar que a pessoa não consegue chegar ao banheiro. Pode ocorrer também quando há uma pequena quantidade de urina na bexiga.

  • Incontinência mista: as perdas urinárias ocorrem durante um esforço e também na presença de urgência.

É possível adicionar à rotina do dia a dia uma série de hábitos que evitam a incontinência urinária. Fique por dentro:

  • Controle a ingestão de líquidos à noite.

  • Evite bebidas alcoólicas e com cafeína.

  • Controle o diabetes e o peso corporal.

  • Abandone o tabagismo.

  • Regule os intervalos entre as micções. Não espere apenas a vontade de urinar para ir ao banheiro.

  • Mantenha uma alimentação saudável, com bastante fibras.

  • Realize atividades físicas regularmente.

  • Reconheça e evite alguns fatores que causam a incontinência urinária, como uso de remédios diuréticos ou problemas de locomoção em idosos.

Exercícios do assoalho pélvico

Esse treinamento é baseado em exercícios para fortalecer e melhorar a coordenação dos músculos do assoalho pélvico, prevenindo ou melhorando as disfunções nessa região.

É muito utilizado em casos de incontinência urinária, incontinência fecal e disfunções pélvicas, tanto em homens quanto em mulheres.

3 visualizações
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • insta

Todos os direitos reservados ao Körper Studio® Pilates | 2018

Empresa Parceira |