Buscar
  • Rodrigo Moreira

Qual tipo de tênis é melhor para a minha pisada?

Por Kátia Lima | Instrutora KSP


Se você é uma pessoa que tem o hábito da prática de exercícios físicos, eu tenho certeza que em algum momento você já se pegou parado na vitrine de uma loja pensando qual tipo de tênis seria o indicado para você. E é sobre isso que vim falar com vocês hoje.

Nós temos 3 tipos de pisadas, são elas:

  • Neutra: pisada de forma uniforme do pé no solo;

  • Supinada: pisada onde o peso do corpo é projetado para a parte lateral da planta do pé.

  • Pronada: pisada onde o peso do corpo é projetado para a parte medial da planta do pé.

Temos também o supinado excessivo e o pronado excessivo, onde já podemos observar nessas pessoas maiores lesões ocasionadas pelo apoio do pé de forma incorreta no chão.

Certo, e agora que sabemos um pouco sobre os tipos de pisadas e quais as características dela, como sei qual é a minha pisada e qual tênis devo usar?

O ideal seria que fosse realizado um teste na plataforma de força para que através dela o profissional de educação física ou fisioterapeuta possa ter maior certeza da distribuição de força na planta do seu pé. Porém, temos uma forma bem mais fácil e simples de conseguirmos ter uma noção de qual é a sua pisada. Sabe como?

Pegue um tênis velho e analise a sola dele, caso o desgaste seja mais lateral, para parte de fora do tênis, provavelmente sua pisada é mais supinada. Caso sua pisada seja mais medial, para a parte de dentro do tênis, sua pisada é mais pronada.

Ok, agora já entendemos sobre os tipos de pisada, já conseguimos aprender a identificar qual você tem, então está na hora de identificarmos o melhor formato de tênis para você.

Se sua pisada for pronada, o ideal seria um tênis de sola mais rígida, principalmente na parte medial do solado, para que através dela, consigamos ter uma melhor distribuição de peso em todo pé, dificultando a medialização da sua pisada.

E se sua pisada for mais supinada, o ideal seria um tênis com a sola mais molinha, a parte lateral e calcanhar mais rígido, ajudando também a deixar o peso se distribuir para a parte medial do pé.

E por fim, no caso da pisada neutra, um tênis que apresente o mesmo suporte dos dois lados da entressola, sem nenhuma tecnologia para controle da pisada em pronação.

Se ainda sim restou dúvida, procure um tênis de pisada neutra.

Ressalto a importância da utilização de um tênis correto, porque a utilização de um tênis errado gera uma grande chance de lesão.

E o Pilates, como podemos relacionar ele a isso?

A forma como pisamos, como temos o contato com os pés no solo, justifica muitas dores que temos nos nossos pés e até mesmo coluna.

E para que possamos melhorar nossa marcha o Pilates está aí.

Com ele, além do trabalho de mobilidade realizado nas aulas, trabalhamos muito o apoio dos pés e o fortalecimento da musculatura dos membros inferiores, junto com o trabalho de instabilidade, para ganharmos estabilidade nas articulações que utilizamos na marcha.

Como exemplo de articulação importante para o nosso caminhar podemos citar o tornozelo.

E agora, que tal irmos nos movimentar um pouquinho?

Depois me conta mais sobre sua rotina de exercícios! Até a próxima!

11 visualizações
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • insta

Todos os direitos reservados ao Körper Studio® Pilates | 2018

Empresa Parceira |