• Maria Militão

Quais as consequências da queda nos idosos?


Cada caso é um caso, e essa resposta dependerá da gravidade da queda sofrida pelo idoso em questão. As ocorrências mais comuns são de fraturas ósseas, lesões de tecidos moles, contusões, entorses, feridas e abrasões, lesões musculares e neurológicas, surgimento de outras doenças, entre outros. Além disso, o medo de cair novamente pode ser um grande problema para a autoestima do idoso, que tenderá a ficar mais isolado e recluso.

As atividades de vida diária mais prejudicadas após as quedas são deitar/levantar, caminhar, tomar banho sozinho, cortar unhas, carregar peso, usar transporte coletivo e subir/descer escadas.


(FABRICIO; RODRIGUES; JUNIOR, 2004). As quedas podem ainda trazer aos idosos o risco de morte e alguns dados mostram que isso ocorre mais entre mulheres que em homens. (SIQUEIRA; FACCHINI; PICCINI, 2007).

1 visualização0 comentário