Buscar
  • Rodrigo Moreira

O PILATES NO TRATAMENTO DA LOMBALGIA – UM ALÍVIO PARA DOR

POR ELIANA TONZAR - INSTRUTORA KSP


Você já teve dor na lombar? Se a resposta foi sim, você já teve lombalgia.

A lombalgia é a dor lombar crônica, cada vez mais comum nos dias de hoje e um dos principais motivos de afastamento do trabalho, do lazer e das atividades de vida diária em geral.

A dor traz com ela tanto alterações físicas quanto alterações emocionais e isso interfere nos relacionamentos e na qualidade de vida. A dor precisa ser tratada.

Muitos fatores podem desencadear a dor. Essas causas devem ser investigadas individualmente na avaliação fisioterapêutica e/ou médica, para que o tratamento seja adequado.

Se a lombalgia for por alterações mecânicas/posturais, o Método Pilates tem resultados muito positivos no alivio da dor.

Meu propósito neste post não é falar sobre a lombalgia, mas sim falar como podemos prevenir, melhorar e até mesmo eliminar essa dor através da prática dos exercícios do Método Pilates.

Estudos científicos comprovam que o movimento cura.

Pesquisas feitas com vários pacientes com queixa de lombalgia apontam que esses pacientes, tem em comum fraqueza dos músculos profundos abdominais e dos extensores da coluna. E que o Pilates tem maior eficácia no tratamento da dor lombar se comparado a outros exercícios terapêuticos.

Podemos dizer que um dos motivos para esse destaque para o Método Pilates é a ênfase dada ao fortalecimento do CORE, nosso centro de força, durante a execução dos exercícios.

Durante uma aula de Pilates todos os movimentos são feitos com a ativação dessa musculatura que Joseph Pilates chamou de Powerhouse.

A coluna é estabilizada, fortalecida, mobilizada e alongada através do trabalho do centro de força.

O Pilates é seguro, pois a maioria dos exercícios é feita com o aluno deitado para poupar a coluna de impactos e compressões e um instrutor experiente estará atento às necessidades de cada aluno, fazendo as adaptações necessárias para que haja benefícios e evolução na prática.

Voltando a falar das comprovações científicas:

As dores melhoram após 20h (vinte horas) de treino dividido em 2 a 3 vezes por semana.

Ou seja, 2 a 3 meses para o indivíduo voltar às suas atividades diárias sem dor.

É necessário disciplina e dedicação às aulas para que a transformação aconteça.

E claro, continuando seus treinos você estará investindo em Qualidade de Vida.

Além do que, fazer Pilates é muito prazeroso. Traz bem-estar físico e mental.

Temos muitos alunos que tinham esse quadro doloroso e que se beneficiaram da rotina com o Método Pilates e que levam esses benefícios, essa consciência corporal, esse corpo transformado pelo Pilates para outras atividades físicas como: dança, tênis, musculação, etc.

Vários alunos relatam: ”O Pilates fez diferença! Mudou a forma de como eu me movimento”.

Experimente!

E conte sua experiência para nós!

46 visualizações
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle
  • YouTube - Black Circle
  • insta

Todos os direitos reservados ao Körper Studio® Pilates | 2018

Empresa Parceira |