• Maria Militão

Como o fisioterapeuta pode ajudar na prevenção de quedas em idosos?


O fisioterapeuta pode atuar na prevenção e na recuperação de quedas com exercícios objetivando que o indivíduo obtenha ou melhore sua flexibilidade, força muscular e equilíbrio; orientando sobre calçados e roupas adequadas, avaliando a necessidade de um dispositivo auxiliar de marcha e se for necessário, vai realizar o treino desse dispositivo em marcha e nas suas transferências. Se necessário, realizará uma consultoria no domicílio do idoso para orientar os riscos de quedas encontrados para possíveis mudanças e adaptações. Deve-se sempre pensar na prevenção de quedas, isso compõe uma política pública indispensável e atualmente prevenir esse evento é apontado como uma boa conduta geriátrica e gerontológica. É comprovado que a prática de atividade física melhora a saúde do idoso de forma global, auxilia na prevenção de quedas, oferece maior segurança na realização das atividades de vida diária, favorece o contato social, reduz o risco de doenças crônicas, atua, assim, sobre a saúde física e mental e na performance funcional ao proporcionar independência, autonomia e qualidade de vida. O fisioterapeuta exerce um importante papel na prevenção de quedas em idosos por meio da orientação para a realização das atividades físicas. Porém, o campo de atuação deste profissional vem crescendo gradativamente, possui enfoque na prevenção de doenças e na promoção de saúde, em nível individual e coletivo, além da reabilitação. Para além, considera-se ser importante a participação da Fisioterapia para desenvolver hábitos saudáveis de vida capazes de, entre outros objetivos, reduzir os riscos de quedas em idosos.


FREITAS, Elizabete Viana de; PY, Ligia. Tratado de Geriatria e Gerontologia. 4º edição. Rio de Janeiro- RJ: Guanabara Koogan, 2016.

0 visualização0 comentário